sábado, 14 de maio de 2016

LUA OCULTA
MILTON  MACIEL

Depois que foi lançado o LUA OCULTA nas livrarias, no último dia 7 de maio, fiquei contratualmente impedido, pela editora, de continuar postando, no meu blog e no Face e seus grupos, os capítulos finais do romance, que acabou ficando com a bagatela de 1088 páginas e mais alto do que a lista telefônica amarela de São Paulo. É que nesses oito capítulos finais há uma reviravolta e aparecem culpados por crimes onde não estavam sendo imaginados pelos leitores. E há o fechamento, através de um grande flash back, dez anos depois, de todo um enredo que envolve romance, sedução, sexo, futebol, humor, flamenco, mulheres que batem em homens, serial killers e investigadores, desfilando suas ações em Santa Catarina, Pernambuco e Paris.

Em compensação, começarei hoje a postar, em partes, um livro que não é de ficção, como o LUA OCULTA. Trata-se da 2ª. edição de meu bem-sucedido COMO É CARO SER MULHER, que terá lançamento nacional no próximo dia 10 de junho.

O que COMO É CARO SER MULHER se propõe é mostrar, exatamente como o título diz, que é muito caro, caríssimo, ser mulher no mundo de hoje. As causas que levam a vida de uma mulher a custar mais caro que a de um homem equivalente são três: causas biológicas, causas comportamentais e causas mercadológicas. Mostro-as em detalhes mais adiante.

Seguramente, é muito mais caro ser mulher do que ser homem. E, para a mulher que trabalha, é muito mais difícil conseguir juntar tanto dinheiro quanto o seu colega de trabalho, que exerce a mesma profissão, no mesmo cargo e na mesma empresa.

Isso porque o mundo é cruelmente exigente com as despesas de uma mulher, forçosamente muito maiores do que as de um homem. No livro eu vou mostrando isso em números reais.


Aguarde a postagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário